Entrevista Especial Anistia 1964〡2023

Falo com Presidenta da Comissão da Anistia, Eneá de Stutz e Almeida,  subordinada ao Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania. Professora Eneá Stutz, com experiência na área de Direito, com ênfase em História do Direito, atuando principalmente nos seguintes temas: justiça de transição, direitos humanos e ensino do direito. Coordena o Grupo de Pesquisa Justiça de Transição, vinculado ao programa de Pós-Graduação em Direito da UnB

Quarta 25 de janeiro 15h Brasília

Reflexão: “As marcas da tortura sou eu.” Dilma Rousseff

Mais informações no Link - A transição brasileira: memória, verdade, reparação e justiça (1979-2021)